Enfaixamento para pacientes com Linfedema

por | abr 15, 2017

O enfaixamento é o instrumento mais valioso na fase de descompressão no tratamento do linfedema. Utilizamos o enfaixamento na fase descompressiva do linfedema. É ele que consegue retirar o edema. Após a retirada completa do edema, utilizamos as meias elásticas com compressão de 30-40mmHg para a fase de manutenção.
O enfaixamento pode ser realizado diariamente (de dia ou de noite) e por um período maior de até 7 dias em casos de linfedema de elevado grau de comprometimento.

Os materiais que costumamos incluir para as bandagens são:
1 malha tubular de 15cm ou um meião de algodão até o joelho (para cada perna acometida)
1 espuma de poliuretano de espessura de 4-5mm com 10-15cm de largura e 2 metros de comprimento.
3-4 faixas de 10cm baixa elasticidade 70% (para cada membro) – as faixas disponíveis no mercado são – Linfodress- atamed e a Linfopress – farmara.

Abaixo há um vídeo com demonstração do procedimento feito na clínica. Note que na primeira parte do vídeo usamos o curativo sem a faixa e, na segunda, e utilizamos a espuma para evitar de formar vincos na altura do tornozelo. Utilizamos a espuma em casos de linfedema mais grave ou no inicio do tratamento. É uma maneira simplificada para enfaixamento que utilizo por ser mais simples e fácil para o paciente poder fazer sozinho ou com alguma pessoa auxiliando. Geralmente executamos o enfaixamento no consultório uma primeira vez e deixamos o vídeo como lembrança para nossos pacientes. Segue abaixo:

Share This
WhatsApp chat